Myrtle_Corbin_by_JR_Applegate_c1880

A moça da foto é Josephene Myrtle Corbin e a foto não é uma montagem. Nascida em 12/05/1868 no Tennessee, Estados Unidos, Josephene nasceu com uma condição rara, conhecida como síndrome da duplicação caudal, que fez com que todas as estruturas de seu corpo da cintura para baixo fossem duplicadas. Em função disso ela tinha 4 pernas, 2 pélvis, 2 úteros e 2 genitálias. Até hoje não foi determinada a causa da anomalia, mas médicos da época descreveram os pais de Josephene como sendo muito parecidos, ambos ruivos de olhos azuis, o que levou a especulações sobre um possível grau de parentesco, mas a ciência da época não tinha recursos para confirmar ou negar essa possibilidade.

Das quatro pernas da moça, duas de tamanho normal e duas de tamanho reduzido, apenas uma era completamente funcional.

Aos 13 anos ela começou a apresentar-se como aberração circense em feiras e espetáculos, aos 14 havia virado celebridade, viajando por todo o país. Em 1886, aos 18 anos, casou-se com Clinton Bicknell e aposentou-se. Em 1887, pouco mais de um ano após casar-se, foi constatado que estava grávida, tendo sido necessária a realização de um aborto em função da decadência de seu estado de saúde.

Em 1909, então com 41 anos, voltou a fazer uma nova incursão pelo mundo dos espetáculos,apresentando-se Huber’s Museum em Nova York e depois realizando uma série de apresentações com o Dreamland Circus Sideshow. Em 1915 aposentou-se então definitivamente.

Faleceu no Texas em 06/05/1928, aos 60 anos, vítima de Erisipela. Quem a conheceu a descreve como uma mulher de rosto atraente, muito inteligente, refinada e apreciadora da música.

Foto de JR Applegate – domínio público.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *